quarta-feira, 10 de agosto de 2011

há mar

"o amor é das poucas coisas que tá aí pra todo mundo" - encosta em mim, logo gruda. tanta capacidade simples, ser cativo de si mesmo como uma salivação. haveria tão mais a dizer. até a mala é uma aposta no verão. e quinze dias são um milhão. meu coração não sabe mais, meu cabelo começou a prender. a incrível arte de escolher livros para o mar. 

minha nova câmera é igual a antiga. sobretudo uma velha praktica.

o b vai comigo. o b é pra sempre. comigo.

e meu mouse tá fazendo som de passarinho quando clica.

portugal é lindo, vou contar. lugar, passagem, estar. comer: hoje comemos milho cozido passado no azeite com flor de sal. portugal is burning nos seus acessórios. vou contar outra coisa: as estrelas estão sempre por aí. nós conseguimos dizer mais um pouco: os planetas a rodar nos signos sem parar. precaução não. nem me venha com nada que seja menos, ou segurar. bem comportada não vai dar em nada. te mando um beijo gostoso. e até já.

2 comentários:

O Impenetrável disse...

ai júlia, é tão bom, depois de um dia correria-injustiça-incompatibilidade comparecer ao seu blog e suspirar ao ver a inspiração dos seus textos!

desejo que a sua viagem a portugal seja bem especial e inspiradora, fico aqui aguardando as próximas inspirações. grande abraço.

júlia disse...

obrigada antônio, além de gentil, é muito terno da sua parte dizer essas coisas.
fico contente que você goste e que tenha te sido algum alívio essa leitura.
e eu vivo em portugal! minha viagem foi por outros lugares daqui, mas agora já estou de volta a lisboa.
é lindo.
beijo.

 

Free Blog Counter