segunda-feira, 1 de agosto de 2011

segunda-feira

três sonhos seguidos com intervalos, só me lembro de dois

o primeiro a casa em que cresci (como sonho com lá) estava sendo assaltada, "mais uma vez" - era o que eu pensava, e toda a fachada dela era de vidro, enquanto eu passava na frente de carro com alguém que não era da minha família -a família estava toda lá dentro - minha irmã me fazia um gesto claro que eu entendia como um "saiam daqui, estamos sendo assaltados" e eu ia com a pessoa do carro tomar um café no centrinho, enquanto esperava o assalto terminar, pensando que chamar a polícia seria pior e me angustiava mas sabia que só iam levar tudo e tudo mas que iam deixar todos vivos, com sorte

(país ridículo).

depois na mesma rua da minha casa eu estava com meu pai de carro e com um filhote de gato no colo. por algum motivo nós tínhamos que deixar a casa e parávamos em frente da escola que fica ali na rua e eu tentava colocar o gato branquinho dentro da caixa de correio azul da escola, ele cabia, eu fechava o lacre, meu coração doía muito, eu pegava o gato de volta e pensava "não, minha vó vai ter que aceitá-lo", e ficava fazendo nele muito carinho, toda preocupada. quando cheguei na casa da minha vó comprei areiazinha pro gato que logo fez xixi em cima. e apareceu minha tia e ficou me dando uma bronca de horas. -

minha vó detesta gatos.

Um comentário:

O Impenetrável disse...

querida júlia, vou acabar me repetindo se disser novamente o quanto gosto do seu blog, ou mlehor, dos seus blogs, pois ontem mesmo caí de sopetão no "12 exemplares".

te explico: estava pesquisando aí uma forma de produzir alguns textos meus de forma artesanal, foi então que me deparei com o blog e amei.

o google foi salvação, no caso. rs

mas no meu caso, o lance seria livro alterado, tenho aqui uns livretos, catálogos de moda que vou inserir coisinhas de um livrinho meu que se chama "avenida dos gestos".

bom, tive que explicar isso pra você, pois foi de uma enorme inspiração cruzar com os teus textos e saber que a arte da escrita está presente na nossa vida com detalhes pequenos que fazem tanta diferença.

abraço.

 

Free Blog Counter